O japonês mais famoso do mundo da soja

19 out

Por onde ele passa chama a atenção e é difícil um produtor rural que não o reconheça. Estamos falando do pesquisador José Tadashi Yorinori. Ele é quase uma celebridade no mundo Agro. E tudo isto graças aos anos dedicados à pesquisa científica em prol do desenvolvimento da cultura soja. Próximo aos 70 anos, o ‘japonês, como carinhosamente os produtores o chamam, é admirado pela sabedoria, disposição e o bom humor.

Em todas as visitas realizadas no Circuito Tecnológico, os produtores fazem questão de parar para ouvi-lo.  Além de tirar dúvidas, também queriam registrar a visita do importante pesquisar na propriedade.

Formado em Agronomia no ano de 1967, Tadashi tem mestrado e doutorado em fitopatologia, com destaque para as doenças que afetam a cultura da soja. Ele é inclusive conhecido como o ‘pai do vazio sanitário’. O currículo dele é imenso, mas para resumir: já trabalhou no Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), na Embrapa Soja e atualmente é consultor. Já visitou mais de 20 países e fala inglês, espanhol, português e um pouco de francês.

Tadashi ama o que faz e resume sua paixão pela agricultura da seguinte forma: “a agricultura, dentre as atividades econômicas, é a mais arriscada, porque o agricultor tem que enfrentar as intempéries, excesso de chuva, falta de chuva, problema de preço, falta de política agrícola, mas pelo outro lado é a atividade mais nobre que um ser humano pode praticar. Porque imagine se não fosse o agricultor como iríamos produzir matéria prima e alimento para alimentar todo esse povo”.

Curiosidades do Dr. Tadashi

O ‘japonês’ fala com a soja, literalmente, ele conversa com a planta. Anda sempre com um gravador a tiracolo e vai registrando tudo o que nota de diferente.

Parece estranho, mas a vontade em assistir filmes de faroeste foi fundamental para sua história. Tadashi assistiu ao primeiro filme do gênero aos 10 anos e de lá pra frente colocou na cabeça que queria conhecer um ‘faroeste’. Mas só tinha um problema, teria que estudar inglês e na época nem escola especializada na língua existia. Então, passou a ler gibis em inglês e imitava os caubóis dos filmes. E fazia isso uma vez por semana, todos os domingos. Após a conclusão da faculdade, teve a oportunidade de fazer um teste de proficiência para uma bolsa de estágio nos Estados Unidos. Ele que havia feito o teste apenas para testar seus conhecimentos foi o único aprovado. O que era para ser um estágio era na verdade um mestrado.  E assim a história vai longe.

“Se existem os desafios não os encare como um problema. Cada vez que você acordar se olhe no espelho e diga: hoje eu estou feliz e tenho um desafio. O que é preciso fazer para vencê-lo é procurar estudar e aprender”, palavras de Tadashi-san.

Uma resposta to “O japonês mais famoso do mundo da soja”

  1. WILLIAM MICHELS 29 de outubro de 2014 às 16:40 #

    tive a breve oportunidade de estar do lado desse grande homem da agronomia…me espelho cada vez mais nesse carra que considero um gênio do ramo..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: