De olho no nematoide

28 out

Lavouras de soja ainda sem proteção contra nematoides

Da região Norte ao Leste de Mato Grosso, a maior reclamação ouvida pelo supervisor de campo da Aprosoja Rodrigo Fenner, que coordena nesta segunda semana a Equipe 5, é a incidência de nematoides. “O produtor está pedindo mais pesquisas, porque não está conseguindo ganhar essa guerra”, comenta.

Em Nova Xavantina, a região da Serra Azul, localizada a 550 metros acima do nível do mar, tem sofrido com nematoides de cisto (Heterodera glycines), ao passo em que nas regiões mais planas a incidência maior é de nematoides de lesões radiculares (Pratylenchus brachyurus). “Depois destas duas semanas, dá pra afirmar que o principal problema nas lavouras hoje não é mais a ferrugem asiática, mas o nematoide, o que nos indica a necessidade de investirmos mais nisso”, observa Rodrigo Fenner.

Os prejuízos causados pelos nematoides nas lavouras incluem a perda de produtividade e o aumento nos custos de produção, devido aos gastos com controle químico. Nos Estados Unidos, a doença gera perdas anuais de US$ 500 milhões. No Brasil, o prejuízo não foi contabilizado ainda, mas pesquisadores da Embrapa Soja Londrina estimam que a produtividade da soja poderia ser 8% a 10% maior se não fossem a doença.

Um dos experts em nematoides no Brasil é o pesquisador PhD em fitopatologia e consultor técnico da Aprosoja, José Tadashi Yorinari, que está participando do Circuito Tecnológico na equipe 3. Ele explica que o maior desafio da doença é que os nematoides ficam no solo, o que impede o produtor de identificá-los. “É fundamental retirar as plantas suspeitas das lavouras para fazer identificação da doença e o monitoramento. A variedade de cisto permanece até oito anos no solo”, alerta.

Os nematoides causam preocupação principalmente porque, ao contrário da ferrugem asiática, ainda não há controle de sua incidência. “Os nematoides ainda são um desafio, especialmente o Pratylenchus brachyurus, que não tem nenhuma variável de soja resistente a ele”, informa Tadashi. (Rodrigo Fenner)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: