De volta às origens

27 out

O Circuito Tecnológico não está apenas realizando um detalhado diagnóstico da safra 2011/12 que se inicia agora. O projeto da Aprosoja está ajudando também vários profissionais a relembrarem o início de suas carreiras e a retomarem uma atividade que apaixona a muitos: o contato com a terra.

José Carlos aplica questionário

É o caso de José Carlos Perez, gerente de Desenvolvimento de Mercado da Região Centro-Nordeste da Basf. “Estou de volta ao campo”, comemora. Zé, como é chamado pela equipe 4,  é engenheiro agrônomo e chegou a Mato Grosso há mais de 15 anos, iniciando a carreira em propriedades rurais. Há cinco anos na Basf, o trabalho agora é realizado mais no escritório, mas o que ele realmente gosta é de por a botina na estrada e sentir o “cheiro” de mato.

Coletando amostras: uma viagem no tempo

“A viagem está sendo maravilhosa. Além de todas as informações que estamos levantando, e da oportunidade de conferirmos in loco a realidade do produtor, estou tendo a experiência muito positiva de relembrar os anos em que comecei a carreira aqui em Mato Grosso. Esse contato com o produtor é ótimo. Estou adorando voltar a ‘por a mão na massa’”, comemora. (Pamela Muramatsu)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: