Na busca pela regularização ambiental

19 out

Da conversa com produtores, as equipes da Aprosoja têm trazido importantes feedbacks. Um deles é o empenho em buscar a regularização ambiental. Um exemplo é o produtor Vitor Márcio Dumoncel, de Nova Marilândia, que está totalmente adequado às exigências ambientais: já tem a licença ambiental única (LAU), o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e todas as reservas e áreas de proteção pedidas pelo texto do novo Código Florestal aprovado pelos deputados federais. “Tenho toda a documentação regularizada”, comemora.

Já o produtor Paulo Cesar Donida, de Tangará da Serra, tem tido problemas para se adequar. “É difícil, a gente quer regularizar as áreas, mas não conseguimos porque os órgãos dificultam muito. No meu caso, já estou indo pro sétimo ano em que estou esperando para tirar a documentação e não consigo. Falta mais estrutura nos órgãos para atender a nossa demanda”, afirma.

Apesar das dificuldades, o interesse tem sido pela regularização. “Eu acho que os produtores que ainda não se adequaram têm essa missão, para que Mato Grosso possa ser reconhecido como um Estado organizado, ajustado na questão ambiental. É nossa tarefa nos regularizarmos”, convoca Dumoncel.  (Thaís Castro)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: